Carrinho  

Nenhum produto

R$ 0,00 Frete
R$ 0,00 Total

Carrinho Finalizar

Televendas pagamento pagamentos descontos

Bem-vindo

http://www.drogariaeduardo2.com.br/br-default-thickbox_default/hidromed-25-g-com-30-comprimidos-cimed.jpg Maximize

Hidromed 25 g com 30 comprimidos - Cimed

  • Hidroclorotiazida
  • MS -1.4381.0065.002-1
  • Cimed

 

Hidromed 25 g com 30 comprimidos é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula.

Mais detalhes

R$ 7,37

206156-0

hidroclorotiazida

USO ADULTO E PEDIÁTRICO-USO ORAL

INDICAÇÕES: Tratamento da hipertensão arterial, quer isoladamente ou em associação. Pode ser ainda utilizado no tratamento dos edemas associados com insuficiência cardíaca congestiva, cirrose hepática e com a terapia por corticosteróides ou estrógenos. Também é eficaz no edema relacionado a várias formas de disfunção renal, como síndrome nefrótica, glomerulonefrite aguda e insuficiência renal crônica.

CONTRA-INDICAÇÕES: PACIENTES COM ANÚRIA, AQUELES QUE APRESENTEM HIPERSENSIBILIDADE À hidroclorotiazida;  A OUTROS FÁRMACOS DERIVADOS DA SULFONAMIDA OU A QUALQUER COMPONENTE DA FÓRMULA.

ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES: Deve ser usado com cautela em pacientes com doença renal grave, em pacientes com insuficiência hepática ou doença hepática progressiva. Reações de sensibilidade podem ocorrer em pacientes com ou sem história de alergia ou asma brônquica. Todos os pacientes devem ser observados quanto ao aparecimento de sinais clínicos de distúrbios hidroeletrolíticos, principalmente hiponatremia, alcalose hipoclorêmica e hiponatremia, alcalose hipoclorêmica e hipopotassemia e proceder a avaliação periódica dos eletrólitos séricos. Sinais de advertência ou sintomas de desequilíbrio de fluídos e eletrólitos incluem: secura na boca, sede, fraqueza, letargia, sonolência, dores musculares ou cólicas, fadiga, hipotensão arterial, taquicardia e distúrbios gastrintestinais. Especialmente quando a diurese for brusca e em casos de cirrose grave, ou durante o uso concomitante e prolongado de corticosteróides ou ACTH, pode desenvolver-se hipopotassemia. Pode ocorrer hipomagnesemia e hiperuricemia, ou mesmo gota. Se houver aparecimento de deficiência renal progressiva, suspender ou descontinuar a terapia diurética. Gravidez e lactação: As tiazidas atravessam a barreira placentária e são excretadas no leite materno. O uso em mulheres grávidas ou lactantes requer que os benefícios sejam avaliados contra os possíveis riscos que poderão causar ao feto ou lactentes.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS:  Interage com:  fármacos anti-hipertensivos,  insulina, hipoglicemiantes orais, d-tubocurarina, anti-inflamatórios não-esteróides.  Interferência em exames laboratoriais: As tiazidas podem diminuir os níveis séricos de iodo conjugado à proteína, sem sinais de distúrbios da tireóide. Deve-se suspender a administração de hidroclorotiazida antes de se realizarem testes de função da paratireóide.

REAÇÕES ADVERSAS: É muito bem tolerado, mas eventualmente podem ocorrer as seguintes reações adversas: Gastrintestinais: anorexia, desconforto gástrico, náuseas, vômitos, constipação, icterícia colestática, pancreatite. Sistema Nervoso Central: vertigens, parestesia, cefaléia. Hematológicas: leucopenia, agranulocitose, trombocitopenia, anemia aplástica, anemia hemolítica. Cardiovasculares: hipotensão ortostática (pode ser potencializada pelo álcool, barbitúricos ou narcóticos). Hipersensibilidade: púrpura, fotossensibilidade, urticária, erupção cutânea, reações anafiláticas. Outras: hiperglicemia, glicosúria, hiperuricemia, fraqueza, espasmo muscular.

POSOLOGIA: Adultos: Hipertensão Dose inicial: 50 a 100 mg/dia, em uma só tomada pela manhã ou em doses fracionadas. Após uma semana ajustar a posologia até se conseguir a resposta terapêutica desejada sobre a pressão sangüínea. Quando a hidroclorotiazida é usada com outro agente anti-hipertensivo, a dose deste último deverá ser reduzida para prevenir a queda excessiva da pressão arterial. Edema Dose inicial: 50 a 100 mg uma ou duas vezes ao dia, até obter o peso seco do paciente. Dose de manutenção: varia de 25 a 200 mg por dia ou em dias alternados. Com a terapia intermitente é menor a probabilidade de ocorrência de distúrbios hidroeletrolíticos. Lactentes e crianças: Até 2 anos de idade: dose diária total de 12,5 a 25 mg administrada em duas tomadas. De 2 a 12 de idade: dose de 25 a 100 mg, administrada em duas tomadas. A dose pediátrica diária usual deve ser baseada em 2 a 3 mg/Kg de peso corporal, ou a critério médico, dividida em duas tomadas.

Registro MS 25 mg: 1.4381.0065.002-1

 

CIMED INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS LTDA.
Av. Cel. Armando R. Storino, 2750
Pouso Alegre - MG
CEP 37550-000
Fone (PABX)
(35) 2102-2000

Não há comentários de clientes neste momento.

Escreva seu comentário

Hidromed 25 g com 30 comprimidos - Cimed

Hidromed 25 g com 30 comprimidos - Cimed

  • Hidroclorotiazida
  • MS -1.4381.0065.002-1
  • Cimed

 

Hidromed 25 g com 30 comprimidos é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula.

Escreva seu comentário